Prorrogado decreto de emergência da seca

Segundo informações do Coordenador Municipal da Defesa Civil, Cristiano Venturini, o prazo do decreto de emergência Nº 2200/2012, atingirá seus 90 dias, prazo máximo, dia 05/04/2012. Neste intervalo a precipitação pluviométrica acumulada atingiu 255 mm apenas, amenizando, mas não resolvendo os problemas da falta de água para abastecimento da população e para a pecuária. Ainda estamos recebendo auxilio do caminhão pipa do Exército Brasileiro e realizando abastecimento para mais de 40 famílias no interior do municipio com os caminhões da Prefeitura. Perante este quadro persistente da estiagem, e com previsão de perdas maiores na agricultura, a partir do dia 06/04/2012 inicia-se a validade da prorrogação do decreto por mais 60 dias.

Estiagem em Jari

Exército Brasileiro ajuda atingidos pela seca

Um caminhão-tanque do Exército Brasileiro está ajudando na distribuição de água aos atingidos pela seca em Jari. O terceiro-sargento Paz, natural de Jari, e o sub-tenente Maidana estão apoiando a ação ajudando no abastecimento e distribuição de água solicitada pela Defesa Civil Municipal minimizando assim os efeitos prolongados da estiagem que ainda atinge algumas localidades de nosso município. Nesta semana foi entregue água nas localidades de Rincão do Umbu e Divina Providência.

Imagem: Cleide Abel Minuzzi

 

Seca continua na região

Quase final do mês de fevereiro e a estiagem continua em Jari. Agora a seca está prejudicando as lavouras de soja ciclo longo. Algumas áreas de soja foram colhidas nesta semana e a média foi de 8 sacas/hect.

Apesar de algumas chuvas esparsas registradas na região nos últimos dias, nada mudou em relação ao abastecimento de água ou rendimento das lavouras. Mais de 50 famílias do interior de Jari necessitam do abastecimento do caminhão-pipa da prefeitura para suprir a falta de água. Desde o início da seca já foram realizados mais de 250 serviços de limpeza de bebedouros para suprir a falta de água, e ainda estão na lista de espera mais de 180 produtores para a realização do serviço. A Secretaria de Agricultura está trabalhando com três retroescavadeiras para agilizar a demando dos serviços.

 

Sai lista de socorro prioritário contra a seca

Governo do Estado editou lista de municípios prioritários para receber verbas de ajuda contra os efeitos da seca. A  lista conta com 279 municípios listados, avaliados pelo prejuízo causado na safra de milho, o impacto na agricultura familiar e o Índice de Desenvolvimento Econômico e Social. O objetivo é orientar a distribuição de R$ 10,9 milhões do Tesouro Estadual e R$ 10 milhões da União. As prefeituras terão 10 dias para se credenciar para receber a verba, que poderá ser utilizada na instalação de poços já perfurados e na extensão de redes de água. O município de Jari está em 13º na listagem.

Nível dos rios de Jari

Nos últimos dias os rios e arroios do município diminuíram drasticamente o volume de água das calhas. Alguns riachos estão completamente secos, enquanto nos maiores o volume é muito baixo, deixando os produtores rurais em situação precária para atender a demanda de água dos rebanhos. Em várias localidades já falta água para os animais. A Prefeitura está levando água com caminhões-pipa para atender aos produtores. Veja no quadro abaixo a situação dos principais rios de Jari:

 

Rio Nível de água na calha
Rio Jaguari (divisa com Santiago) 15 % do nível normal
Rio Toropi-Mirim (divisa com Quevedos) 15 % do nível normal
Rio Capivari (localidade de Veado Branco) 15 % do nível normal
Arroio Santana (localidade de Santana) 10 % do nível normal
Arroio Sampaio (localidade de Bela V. da Serra) 05 % do nível normal
Lageado Peixoto (divisa com Toropi) 05 % do nível normal

Situação do Município

A estiagem está provocando severos prejuízos ao município. Há três meses não ocorrem chuvas significativas na região, deixando baixo o nível dos rios que abastecem o município. No dia 05 de janeiro foi encaminhado pedido à Defesa Civil, através do Decreto 2199, de Situação de Emergência. Muitos rios já estão completamente secos enquanto em outros o nível é baixíssimo, tendendo a secar nos próximos dias.

Nos últimos meses as chuvas foram muito fracas deixando o solo seco e as fontes de água com nível muito baixo:

   
Meses Precipitação
Outubro 144 mm
Novembro 36 mm
Dezembro 08 mm
 
Os animais estão sofrendo com a pouca água disponível, sendo obrigados a ingerir água de má qualidade, o que está causando doenças e morte de animais. A Prefeitura está realizando obras para socorrer os agricultores em dificuldade. A Secretaria de Agricultura está realizando aumento nas canalizações de poços artesianos para levar água potável para mais produtores e abrindo bebedouros e açudes para o consumo de água dos animais.

Abastecimento de água no município

Esta semana a Secretaria de Agricultura e a Secretaria de Obras disponibilizaram veículos para abastecer os agricultores sem fontes de água com água potável. A VISA Ambiental está distribuindo Hipoclorito de Sódio aos agricultores para desinfecção da água consumida nas propriedades.
Vários agricultores estão com as fontes de água e açudes secos, necessitando do abastecimento de água para consumo e para os animais. A região mais atingida é a serra na divisa com o município de Toropi, onde os agricultores não conseguiram sequer plantar as culturas de verão. Já estão recebendo água de carro-pipa mais de 15 famílias.

 

Prejuízos na Agropecuária

A cultura do fumo, fonte de renda dos produtores da região da serra, contabiliza perdas de 40% na safra devido ao pequeno tamanho e ao baixo peso das folhas do produto, com isso, a remuneração da arroba é baixa. Para piorar a situação a cultura do fumo não é contemplada com o seguro por perdas resultantes da estiagem.

A cultura do milho, cultivada na primavera, atinge perdas de 95%, deixando os animais sem alimento. A pecuária sofre com a falta de pastagens para o gado, causando perda de peso e morte nos animais.

Os prejuízos ja começam a atingir a cultura da soja deixando os produtores apreensivos. As variedades precoces já estão com a produção comprometidas, com perdas de 50%. Caso não chova neste mês de janeiro, as variedades de ciclo tardio também serão atingidas.


 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!